quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Fim

Em dezembro, três turmas da minha escola concluíram o ensino médio. Incluindo a minha. Cada uma pôde escolher seu representante (orador), meu grupo optou por uma votação, na qual eu fui escolhida.
Tive que escrever o meu próprio discurso para ler na cerimônia. 
Confesso, não foi uma tarefa fácil. As pessoas que dividiram a sala comigo não eram lá muito fáceis de lidar. O ano todo nós fomos separados pelas famosas "panelinhas".
Mas consegui passar em poucas palavras o que a convivência com cada uma delas me proporcionou. Aprendi que não importa quão ruim seja a situação, sempre podemos tirar boas lições. 
Este é o meu discurso, espero que gostem.

Pretendo ser breve nas palavras que dedico a vocês que generosamente me escolheram para oradora da turma.

Durante um ano inteiro estivemos juntos embora sem muito companheirismo. Como qualquer relacionamento, houve desentendimentos. Apesar das dificuldades em conviver com as diferenças, aprendemos (um pouco tarde, talvez) respeitar as opiniões de cada um.
É possível afirmar desde já, que muitas amizades que se formaram durante este período não continuarão. Cada um seguirá o seu caminho e só nos veremos novamente quando a vida nos proporcionar um encontro. Também é possível afirmar, que algumas das amizades feitas durante o ano, permanecerão por muito tempo. Muitas delas, com pessoas que nós nem imaginávamos ter qualquer tipo de envolvimento amigável.
 Concluímos mais uma etapa de nossas vidas. E com o término desta jornada, começaremos mais uma: Com toda intensidade, colocaremos os dois pés no mundo dos adultos, do trabalho, na vida universitária. Enfim, no mundo real.
Levaremos o que há de melhor nos nossos professores, mas o mais importante que teremos conosco, não será os conteúdos estudados e os trabalhos apresentados, nada disso.
Será o aprendizado feito por nós mesmos, individualmente. Cada um aqui levará consigo um pedaço deste grupo. E com toda certeza, tudo o que vivemos juntos servirá para um futuro profissional de sucesso. Pois, aprendemos (com muita dificuldade) que cada ato, cada escolha valem a pena. Que viver em harmonia, não é ser amigo e nem gostar de todos, é ser ético e solidário.
Assim como eu, espero que todos deixem que as coisas boas sobressaiam as ruins, para que tenhamos felizes lembranças.
Encerro agradecendo a todos vocês, (em especial aqueles que tive a alegria de me tornar mais próxima) obrigada por terem feito de mim, uma pessoa melhor, obrigada meus professores, por terem me transformado, eu não poderia ser o que sou hoje, se não tivesse o trabalho de vocês. (E que trabalho, hein?)

Vocês são eternamente responsáveis por mim, porque todos vocês, cada qual ao seu modo, me cativaram.

Sejam felizes e corretos e que Deus esteja sempre com vocês.


Obrigada! 

Nathalia Serezani Nicolosi




4 comentários:

Sabrina Torres disse...

Nhaa esse ano será a minha despedida do ensino médio e sinceramente não estou pronta pra dizer adeus aos meus amigos, pode até ter demorado para eu conhecer todos eles, graças as "panelinhas", mas agora que conheço não quero deixá-los. Cada um tem um significado importante no meu coração, uns mais outros menos, mas sempre estarão aqui comigo, no meu coração, na minha memória e nas fotos que tiramos em dias felizes e divertidos.
Ah! Nada mais justo que te escolherem para ser oradora, é.

Bjinhos ;*

Talita Dionisio disse...

Muito bom!!!
Parabéns

• cynthia bs disse...

Oh, Nath, que lindo o que escrevestes. Este ano também encerro o ensino médio, uma coisa que eu sempre quis que acontecesse, mas que, só agora, percebo como é difícil! Mas, enfim, a gente supera, né?

Seja feliz! Beijos =*

• cynthia bs disse...

Nathalia, há um selinho para ti em meu blog. http://cynthiadayanne.blogspot.com/p/selos_07.html
Espero que gostes (:

Ótimo fim de semana!